Conversação em inglês: de iniciantes à fluência no idioma

A conversação em inglês é parte fundamental do aprendizado.

Todo aluno só evolui e se habilita a falar e a compreender o idioma conforme o pratica.

Nesse aspecto, a internet veio para criar a solução e também o problema.

Ao mesmo tempo em que possibilita o acesso a aulas de maior qualidade, que estimulam a conversação, abre espaço para que isso aconteça em ambientes não tão adequados.

É sobre isso que vamos falar neste artigo.

A partir de agora, você vai conhecer o melhor método de conversação em inglês para iniciantes e tirar suas dúvidas sobre a prática do idioma para viagem e quanto à validade de grupos de WhatsApp para conversar.

Amigas conversando em inglês

Conversação em inglês para iniciantes: qual o melhor método?

Para quem está começando agora a se aventurar na língua inglesa, é importante saber o que realmente apoia o seu aprendizado.

E, nesse sentido, a conversação em inglês para iniciantes costuma funcionar melhor do que um conteúdo excessivamente teórico.

Não que os livros devam ser abandonados, nada disso.

Mas já faz algum tempo que cursos tradicionais tiveram que se reinventar.

Para aprender inglês, é preciso praticar. E essa prática inclui tanto a conversação quanto a compreensão do que se fala e do que se ouve.

Então, qual o melhor método para esse perfil de aluno?

Veja o que não pode ficar de fora nas dicas a seguir:

Aulas particulares

Colocar o aluno iniciante para uma aula de conversação em inglês em grupo é atirá-lo aos leões.

Ele certamente ficará acuado, constrangido em participar e, muito possivelmente, se limitará a ouvir.

Já em aulas particulares, esse bloqueio para falar inglês, aos poucos, vai sendo vencido.

Só quando se sentir seguro e, efetivamente, dominar o básico da comunicação no idioma,  o aluno estará pronto para a aula em grupo.

E isso talvez só aconteça em estágios bastante avançados da aprendizagem.

Opção de aulas iniciais com professor brasileiro

Muitos cursos online hoje anunciam professores americanos ou nativos de países de língua inglesa.

Isso é ótimo se for confirmado na prática.

No entanto, pelas mesmas razões que acabamos de mencionar, o aluno pode ficar mais nervoso que o habitual se não tiver uma válvula de escape, digamos assim.

Se até aqueles em níveis mais avançados podem sofrer com o “branco” ao falar inglês, imagine quem está dando os primeiros passos no idioma.

Por isso, esse perfil se favorece quando há a opção de realizar uma ou duas aulas iniciais com um professor brasileiro – mas se comunicando em inglês, na medida do possível.

Professor fixo

Passada a fase inicial, a conversação em inglês se beneficia quando o aluno conta com um professor fixo.

A partir do momento em que ele adquire confiança no profissional, se sente mais seguro para conversar com ele.

Dessa forma, a prática do idioma se torna mais prazerosa, como se estivesse falando com um amigo.

Esse vínculo entre professor e aluno é um dos grandes segredos para falar inglês rapidamente.

Possibilidade de testar o método

Já vimos que a conversação em inglês para iniciantes se favorece quando há aulas particulares, professor fixo e opção de começar com um instrutor brasileiro.

Mas nem sempre esse é o método que você vai encontrar nos cursos existentes no mercado.

Em muitos deles, inclusive, você só descobre como é o ensino do idioma a partir da primeira aula, depois de já pagar a matrícula.

Seria muito ruim gastar e descobrir depois que o método não é o ideal para você, concorda?

Por isso, verifique antes se o curso disponibiliza uma aula experimental grátis.

Esse primeiro contato pode ser decisivo para você fazer a escolha certa.

O curso ideal e a conversação em inglês online

Sendo você iniciante ou não no idioma, não há dúvidas de que a conversação em inglês online é a melhor opção.

E há algumas razões para afirmar isso.

Em primeiro lugar, está o professor nativo de um país onde se fala inglês.

No curso presencial, raros são os instrutores não brasileiros.

Por melhores que sejam, o ritmo de aprendizagem do aluno é incomparável com a conversa de toda semana com um professor estrangeiro.

Em segundo lugar, a frequência na conversação é fundamental.

E, em um curso de inglês online, você escolhe o dia e a hora que quer estudar.

Situação diferente encontra em uma escola física, sujeita a imprevistos da sua parte ou do professor, feriados e outras situações que podem impedir a aula em determinada semana.

Isso sem falar que costuma ser bem mais caro para o aluno do que a escolha por uma opção online.

Ou seja, pela internet, você pode praticar a conversação em inglês sem sair de casa, fazendo uso de um método comprovadamente melhor e ainda economizando com isso.

Conversação em inglês para viagem: quando buscar?

Inglês para viagem

O sonho de uma viagem internacional, mesmo sem o domínio da língua inglesa, leva muita gente a buscar por alternativas de conversação em inglês em cima da hora.

A ideia é mais ou menos a seguinte: “Preciso treinar o básico e, chegando lá, me viro com o que sei”.

Tem como dar certo?

Tem, é claro. Mas as chances não são boas.

O que acontece é que uma experiência no exterior não se diferencia da vida no Brasil apenas pelo idioma.

É claro que a falta dele, por si só, pode representar uma barreira significativa para o seu bem-estar em um país estranho ao seu.

Mas há ainda questões culturais, costumes e mesmo gírias que podem deixar você em maus lençóis.

Esse tipo de informação você adquire em um curso de verdade, especialmente quando há professores nativos para auxiliá-lo.

Durante a capacitação, inclusive, você pode direcionar seus estudos para a sua viagem.

É a forma mais segura de buscar conversação em inglês com esse objetivo.

Se você fala pouco ou quase nada de inglês, é claro que não chegará ao nível desejado em seis meses.

Mas se você espera estar no exterior antes desse prazo, sem o planejamento adequado, pode embarcar em uma verdadeira cilada.

Grupo de conversação em inglês no WhatsApp vale a pena?

Quem pesquisa na internet por grupo de conversação em inglês no WhatsApp encontra uma série de opções.

A imensa maioria delas é informal, criada por usuários e disseminada a partir de fóruns online e redes sociais.

Se você quer se juntar a um deles, é bom pensar bem antes.

Grupos assim são bastante heterogêneos, reunindo participantes nos mais variados níveis de inglês.

Isso, por si só, dificulta a conversação e o aprendizado.

Mas a sua maior preocupação deve ser quanto à privacidade e segurança.

Grupos públicos, aqueles que possuem um link para divulgação, não exigem aprovação do administrador para inclusão de novos participantes.

Na prática, qualquer pessoa (bem intencionada ou não) pode se juntar e ter acesso aos seus dados.

No ano passado, a BBC divulgou um estudo que revela a facilidade de obter informações pessoais dos participantes dessa forma.

O próprio WhatsApp recomenda que o grupo se torne público apenas quando reúne pessoas de confiança.

Não há como ter essa garantia naqueles propostos para conversação em inglês.

Conversação em inglês é na EnglishBay

Por tudo que vimos ao longo deste artigo, fica claro que a conversação em inglês precisa acontecer em um curso regular.

Além disso, é importante que seja conduzida por um professor estrangeiro e em aula particular.

Se tiver como escolher uma aula inicial com um instrutor brasileiro, melhor.

Mas se não puder experimentar antes o curso e conhecer o método de ensino, o mais indicado é buscar outra opção.

Na EnglishBay, você estuda no seu ritmo, define quando quer estudar, quem deve ser seu professor e pratica conversação em inglês de verdade.

Quer comprovar? Faça sua aula gratuita.

Você não precisa abrir a carteira para descobrir o melhor curso de inglês online.

Visite o site para saber mais e, se desejar, faça contato conosco.

Aula Grátis Milla

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *