4 Dicas simples para aprender inglês

 

Fala, meu amigo! Se você clicou neste link, então posso considerar que realmente quer aprender a falar inglês, correto? Pensando em uma forma geral, nós acreditamos que todos querem aprender inglês, porém muitos ainda não sabem da real importância de um outro idioma na sua vida, ainda mais o inglês, que é considerado a “língua universal”.

 

Aprender inglês significa ficar profissionalmente à frente de muita gente. Aquela vaga tão sonhada pra trabalhar numa multinacional depende da sua fluência! Além de que poder falar e entender outra língua possibilita  a viajar, conhecer outros países e até morar fora do país, trabalhando e recebendo em DÓLAR. Todas essas possibilidades são sensacionais! Imagine você, falando e aprendendo inglês em uma viagem fora do brasil, conversando com Deus e o mundo. Tudo isso fica muito mais próximo da realidade, não é? É como diz aquele ditado: QUEM TEM BOCA, VAI À ROMA 🙂

Antes de passar as dicas, gostaria que refletisse o seguinte:

 

Qual o seu nível de inglês hoje?

 

Vamos lá, não precisa ter vergonha. Seja sincero: qual seu nível de inglês hoje? Fique tranquilo, aprender inglês não é uma competição. Não existe essa de “quem fala melhor”. Você compete com os seus amigos pra ver quem fala português melhor? Já viu gringo rindo do amigo por falar português melhor que ele? Pelo contrário, cada um tem seu sotaque e isso não é errado! O importante é conseguir entender e ser entendido. Vale lembrar que no Brasil existem diversos sotaques, desde o nordestino até o carioca, mas não consideramos nenhum deles como errado! Sotaque é uma coisa normal, independente de qualquer língua, então não é algo com que você deva se preocupar.

 

Conforme  vai evoluindo o nível do seu inglês, é normal que você vá ajustando seu sotaque de forma gradativa. Primeiro deve aprender as palavras, só depois preocupe-se com a pronúncia. Então vou perguntar de novo: pensando somente em seu nível de conhecimento no inglês hoje, qual é o nível? Apenas nos questionando desta forma podemos identificar um ponto muito importante: quais são suas principais deficiências no idioma! Essa talvez seja uma das questões MAIS importantes, pois apenas dessa forma você pode identificar pontos à serem melhorados e poderá focar na sua real dificuldade, sem perder tempo com coisas que você já sabe! Admitir onde  falha é a maneira mais efetiva de acelerar seu aprendizado. Lembra na escola de ter perdido tempo em algumas aulas vendo coisas que  já havia aprendido? Então foque no problema! Se aprender inglês fosse uma competição, seria de você contra você mesmo. E qual a melhor maneira de vencer um oponente? Entendendo as fraquezas dele. Estude-se!

Descobrir qual seu nível de inglês atual e quais são suas principais dificuldades é o primeiro passo para aperfeiçoar! Eu acredito que você pode ser melhor do que imaginava! 🙂

 

Bom, sem mais enrolação! Vamos para as dicas?

Todas as dicas abaixo são o que alguns chamam de “estudo disfarçado”. Claro, não ache que com essas dicas você já será o Professor Pasquale do Inglês, mas elas te ajudarão e MUITO a inserir o inglês no seu dia-a-dia, fazendo com que você se acostume com ele e pratique sem nem mesmo perceber! Existem diversas maneiras para estudar e aprender inglês, desde métodos milagrosos à cursos online, mas a EnglishBay acredita que, quanto mais natural e prático for o estudo, melhor! Então presta atenção porque são dicas simples que vão ajudar a melhorar seu inglês com o tempo, à caminho da fluência desejada! Shall we begin?

 

  • Veja aqui dicas para como se preparar o  vestibular

 


DICA 1 – Coloque todas as suas mídias sociais em inglês

Infelizmente o Orkut morreu 🙁 porém deixou uma legião de novas redes sociais de todos os tipos, como o Facebook, Instagram, Youtube, Google+, Linkedin, Snapchat, Twitter, Pinterest, etc. EU SEI QUE VOCÊ ACHA QUE NENHUM VAI SUPERAR ELE, mas falando sério, já se deu conta da quantidade de tempo por dia que passamos em mídias sociais?

 

Alguns olham algumas vezes quando estão em casa, outros acessam pelo celular pra checar alguma atualização e outros postam de minuto em minuto! Imagina aproveitar esse tempo todo, fuçando nas internê e ainda aprender inglês? Então vamos garantir que você tenha mais contato com termos e palavras em inglês, pois isso vai ajudar bastante a aprender!

É bem simples e talvez  nem repare, provavelmente já está tão acostumado a usar o facebook, porém de forma natural sua mente vai ligando palavras, conhecimento e informações que você já conhece com o vocabulário em inglês. Hoje os principais termos utilizados nestes serviços já são conhecidos e compreendidos como, por exemplo: Like = Curtir, Share = Compartilhar, Follow = seguir

 

Se você conhece alguém que não utiliza as redes sociais (de repente um avô ou avó) e que não saiba inglês, é provável que eles nem saibam o significado destas palavras. Como você já se familiarizou, já entende. Porém podemos ir além destas duas opções. Quer ver na prática algumas palavras que você vai aprender e se familiarizar?

 

Home

Settings

Search

Friends

Logout   (faz uma tabela com as principais e coloca tradução)

 

Parece pouca coisa, parece irrelevante, mas é como dizem: de grão em grão, a galinha enche o papo!

Não tenha vergonha de começar com o básico. A verdade é que o básico te prepara para o avançado. Além disso, tenho certeza que vai achar diversas palavras que nem conhecia!

Tem muita gente que compra um zilhão de livros, paga 1 ano de curso e acaba não saindo do lugar, então vamos com calma. O caminho para aprender inglês é longo, então vamos fazer algo concreto, sem deixar para amanhã e de forma que não desista no dia seguinte. Afinal, você vai conseguir usar do mesmo jeito!

 

Aqui, olha. Eu tirei um printscreen pra te mostrar onde você altera o idioma no Facebook. Vá em Configurações > Idiomas > Selecione “English (US)” > Salvar Alterações. Existem outros tipos de inglês ali (como o inglês “pirata”, por exemplo, arrrrrrgh), mas se atenha ao mais conhecido.

Um bom exercício para você, seria dar uma fuçada e olhar em todas as redes sociais que usa e achar as opções de idioma, o que acha? Assim que tiver um tempinho livre, dê uma olhada e altere tudo para inglês. Fique tranquilo, se não gostar, não se adaptar ou achar o português mais fácil, pode mudar de volta quando quiser! Apenas lembre-se: a dificuldade de entender algumas partes faz parte do desafio!

 

Agora que você já está com todas as suas mídias devidamente em inglês, todos os dias terá uma pequena dose de outro idioma, internalizando cada vez mais e mais o inglês. Próxima dica!

 

DICA 2 – Assista filmes e séries sempre em inglês

 

Verdade seja dita: vivemos hoje na geração do Netflix. Quem nunca fez uma maratona de Friends ou How I Met Your Mother? Com o advento da internet, hoje temos muito mais acessos à filmes e séries do que antigamente. Antes, ou tinha um video-cassete e alugava uma fita na Blockbuster ou esperava passar na Globo. Sendo assim, hoje as pessoas passam boa parte do tempo livre na frente da TV ou notebook, assistindo uma série. Às vezes elas precisam até ser lembradas de parar e lembrar da vida, comer ou até dormir. Eu acredito que você também gaste algum tempo com séries e filmes, o que não deixa de ser uma ótima forma para estudar inglês, talvez uma das melhores! Calma, não vou pedir para você deixar o áudio em inglês sem legenda. Lembra que te fiz se perguntar qual o seu nível de inglês hoje? Agora, a ideia é adaptar a experiência ao seu nível. Existem três opções para te ajudar. Abaixo estão elas:

 

  • Áudio inglês/Legenda em português : Forma mais comum para aprender o inglês. É o que aconselhamos para começar a escutar algumas palavras, entender o que significam e tentar ligar com o que foi dito.

 

  • Áudio inglês/Legenda em inglês: Aqui já subimos um pouco o nível. Você precisa ter um conhecimento bem legal em reading (ler e compreender), além de ter um vocabulário básico já formado. Essa é talvez o melhor formato para aqueles que já entendem inglês, mas não sabem falar pra valer. Acontecerão bastante situações onde escuta uma pronúncia que você não entende, porém entende caso esteja escrito. Assim consegue juntar o áudio com o texto da legenda. Foi um exercício que me ajudou muito a melhorar minha pronúncia, além de me acostumar a ler o inglês sem precisar ficar “traduzindo” na minha cabeça.

 

  • Áudio sem legenda: Com certeza o nível mais hardcore. Se você chegou até aqui, pode ter certeza que já tem um excelente nível! Entender sem ajudas de legenda é um nível de compreensão altíssimo! Caso já sinta que não tem tanta necessidade de legendas, pois está entendendo bem, faça esse exercício! Você pode não entender 100% do que é falado. Fala sério, às vezes nem em português entendemos tudo que nos é falado, mas o ponto principal aqui é a evolução. Se acostumar a ouvir e tentar entender, sem a ajuda das legendas, é como tirar as rodinhas de apoio da bicicleta. Você pode ter dificuldades no começo, mas uma hora você se acostuma e vai compreender tudo que é dito. Aconselho manter esse formato, pois assim só vai afiar cada vez mais seus ouvidos para a língua do Tio Sam!

 

Algumas pessoas falam que existe também uma quarta opção: assistir o filme dublado, porém com legenda em inglês. Bom, o problema é que, às vezes, a dublagem foge um pouco das palavras do filme original e isso pode confundir bastante sua cabeça, portanto fuja desse modelo! Aprecio o trabalha de muitos dubladores, mas todos já vimos algumas pérolas das dublagens, não é?

Lembre-se: você pode usar esse formato para estudar inglês ativamente. Por exemplo: já assistiu “Os Vingadores” e queria assistir novamente? Que tal agora legendado em inglês, no lugar da legenda em português? Você já assistiu o filme, sabe do que se trata, então acho difícil  não entender do que se fala. Vai se surpreender como fica um pouco mais simples de entender. O mesmo serve também para sem legendas. Teste! Se não entender nada, coloque de volta a legenda e procure prestar atenção no que é falado e associar a legenda. É fácil e prático, vai te ajudar principalmente a ganhar vocabulário. Caso você estiver assistindo exclusivamente para estudar, eu te aconselho a parar o vídeo sempre que não entender algo. Consulte a palavra ou frase no tradutor e siga o vídeo. Pode dar um pouco de trabalho, mas isso vai te deixar rico em conhecimento. Foi uma das técnicas que mais funcionaram pra mim!

 

Se você costuma usar o NETFLIX, fica bem simples para alterar a legenda. Creio que é bem intuitivo, mas vou mostrar abaixo como você pode fazer. Tem um print só para facilitar:

Quase esqueci de falar: Essa dica também serve para músicas! Tem muita música boa em inglês e com uma grande variedade de letras. Músicas sobre amor, festa, política, histórias, etc. tudo pra enriquecer ainda mais seu vocabulário. Tenho certeza que já deve ter várias na sua playlist 🙂 Lógico, cada um tem seu estilo de preferência, como o meu que vai mais para o lado do rock, mas hoje em dia o que não falta são músicas pop, pop-rock, R&B e por aí vai. Escolha músicas que realmente gosta e passe um tempo olhando a tradução da letra. Não só leia a tradução, mas tente também verificar a conexão entre o português-inglês. Assim, quando ouvir uma palavra em inglês, não vai precisar traduzi-la na sua cabeça, vai entender de forma rápida. Tudo isso ajuda a ganhar vocabulário e claro, quando ouvir a música novamente,  também vai saber sobre o quê está sendo cantado.

DICA 3 – Ler notícias em inglês

 

Não importa seu gosto, a sua área profissional ou sua banda favorita: Todo mundo acaba lendo notícias para se manter ligado no que gosta. E adivinha só: notícias também podem ser uma grande fonte de vocabulário!

Você não precisa ficar lendo sobre a política no mundo ou sobre a economia, pode escolher algo que realmente ache interessante! Essa dica não é tão fácil quanto as outras, mas é uma das que mais apresenta resultados. É um ótimo caminho para estudar inglês de forma natural. Hoje, praticamente ninguém compra jornal, mas vale a pena dar uma entrada em sites estrangeiros pra ficar por dentro do que acontece no mundo! Vou mostrar alguns exemplos:

 

Noticias internacionaishttp://www.bbc.com/ https://www.nytimes.com/

Música  – http://www.mtv.com/https://www.billboard.com/

Memes e zoeiras em geralhttps://9gag.com/

Marketing e tecnologia –  https://www.marketingtechnews.net/

 

Também encontrará outras milhares de opções por aí! Faça um exercício simples: escolha um tema que te atrai e pesquise no Google até encontrar algo sobre. Não tenha medo de não entender nada, lembre-se que o Google Tradutor vai te ajudar nessa hora. Sem pressa, tente entender o que é dito. Caso chegue a “travar” em alguma parte ou não entender algo, basta tentar traduzir e terá pelo menos uma base do que é dito, porém lembre-se que nem sempre a tradução do Google está correta. A língua inglesa, comparada a muitos outros idiomas, possui um vocabulário menos extenso, e por isso palavras e expressões No inglês, até por ter poucas palavras e expressões perto de outras línguas, as palavras podem variar de significado de acordo com o contexto. Muitas palavras iguais têm significados diferentes! Ele vai te ajudar bastante, porém você precisa usar seu próprio conhecimento para adaptar a tradução de uma forma que você entenda.

 

 

DICA 4 – Pense em inglês!

 

Talvez a dica mais inusitada! Talvez seja um pouco óbvio, mas o ato de pensar é uma das coisas que você mais faz durante o dia. A todo momento você está olhando para algo, ouvindo algo ou até falando algo. Nesse meio-tempo, enquanto faz qualquer ação, você está pensando! Uma brincadeira que eu costumava fazer quando ainda estava aprendendo inglês, era tentar traduzir TODOS os meus pensamentos para o inglês. Seja “que horas o ônibus vai passar?” ou “o que vou almoçar hoje?”, tente imaginar como ficaria em inglês. Quando comecei a fazer isso, fiquei perplexo de descobrir a quantidade de pensamentos que eu não sabia traduzir! Quando estamos estudando, vemos palavras que estão escritas no material, nos vídeos ou músicas que estamos ouvindo, mas nem sempre essas fontes tem todas as palavras que usamos no dia-a-dia.

 

Vou te dar o exemplo que aconteceu comigo: Uma vez estava preenchendo um formulário e lá me perguntavam qual era a profissão do meu pai. Simples? Bom, meu pai é um corretor de seguros de automóveis. Alguém aí sabe traduzir isso pro inglês? Bom, eu também não sabia (e também não vou falar pra vocês, procurem a tradução!) e isso ficou na minha cabeça o dia todo. Como algo tão simples quanto a profissão do meu pai eu não sabia? E isso pode e vai acontecer. Por isso, sempre que estiver fazendo algo, estiver pensando em algo, tente pensar naquilo em inglês. De longe, é o exercício que mais me trouxe resultado e que mais expandiu meu vocabulário.

 

É fácil de fazer: Para começar, toda vez que olhar algo diferente no seu dia-a-dia, tente pensar numa forma de explicar aquilo em inglês. Ganhou um desconto no almoço, viu alguém correndo de forma engraçada, ouviu uma opinião diferente? Tente traduzir para o inglês! Aos poucos, comece a também traduzir coisas comuns do dia-a-dia, como quando for cozinhar (o que está cozinhando?), quando sair para passear (onde está indo?), entre outras coisas.

 

Agora, essa é a parte mais importante: sempre que encontrar alguma palavra em português que não saiba traduzir, pegue seu celular e jogue no Google Tradutor, ou apenas anote para pesquisar mais tarde. Não deixe para depois ou vai esquecer! Lembre-se também que o Google Tradutor tem uma ferramenta de áudio, onde  pode escutar como é a pronúncia das palavras. Tente também ouvir as pronúncias para saber não apenas ler, mas também falar! Vai ficar tão surpreso quanto eu em descobrir quantas palavras desconhece :0

 

Quer ver? Como você descreveria essa situação em inglês?

 

Espero que aproveitem bastante essas minhas dicas! Que apenas fique claro: Não são só com essas 4 dicas que você vai se tornar um mestre no inglês, mas talvez seja o suficiente pra  sair do básico e chegar ao nível intermediário, ou do intermediário pro avançado.

 

Caso esteja interessado em aprender inglês pra valer, de forma rápida e realmente praticando, conheça a EnglishBay curso de ingles online. Lá você pode praticar com professores estrangeiros de maneira simples, barata e sem sair de casa! Então clica aqui e agenda uma aula teste GRATUITA com um dos professores e comenta sobre essas dicas que passei!

 

Saiba mais: Curso de inglês online funciona mesmo?

 

Bom, esses são todos exercícios que eu mesmo pratiquei e pratico ainda hoje. Todos me ajudaram demais e tenho certeza que vão te ajudar mais ainda! Não adianta só estudar, tem que praticar, e com essas dicas você vai ficar uma fera no inglês!

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *