Intercâmbio para aprender inglês: como isso funciona?

O que acha da ideia de fazer um intercâmbio para aprender inglês?

Essa é uma das maneiras mais legais de treinar um novo idioma e conhecer a fundo a cultura do país visitado.

Além de você ter contato direto com nativos, que dominam a língua, pode desfrutar de hábitos e costumes locais que vão tornar a experiência de estudar no exterior muito mais interessante.

Concorda que é uma boa e quer saber mais sobre esse tipo de programa? 

Então, se liga nas dicas que trouxemos para você, incluindo alguns dos destinos mais procurados por intercambistas.

Intercâmbio para aprender inglês

O que é um intercâmbio para aprender inglês?

Intercâmbio para aprender inglês é uma modalidade que alia ensino e turismo. Nela, por meio de uma escola, agência ou até por conta própria, o aluno decide viajar e passar um tempo em outro país para praticar o novo idioma.

A opção é oferecida por instituições de ensino de línguas que, normalmente, estabelecem algum tipo de convênio com outras escolas em diferentes países.

Também existem agências de intercâmbio específicas para quem deseja estudar no exterior. 

Além, é claro, do popular mochilão, no qual a pessoa decide ir por conta própria ao destino escolhido.

Ou seja, você não precisa estar matriculado em uma escola ou contratar um pacote específico para viver essa experiência.

Pode arregaçar as mangas e montar seu próprio roteiro para colocar em prática o que aprendeu em um curso de inglês online, por exemplo.

Como funciona um intercâmbio para aprender inglês

Normalmente, quem procura um intercâmbio tem, pelo menos, um bom conhecimento e desenvoltura na conversação no novo idioma – o que facilita o processo.

Se não é o seu caso, não desista do sonho ainda. 

Isso porque as instituições que recebem intercambistas no exterior costumam oferecer programas com diferentes níveis de proficiência, indo do mais básico ao avançado.

Outra característica comum é disponibilizar aos estudantes algumas opções de ensino com durações e benefícios distintos.

Para se ter uma ideia, existem modalidades mais curtas, que duram de um a dois meses, até outras mais extensas, com seis meses e a possibilidade de prorrogação por mais meio ano.

Esses prazos também variam em função da legislação dos países quanto ao período de validade do visto para estudantes estrangeiros.

Nos Estados Unidos, por exemplo, segundo a Embaixada Norte-Americana, novos estudantes podem ficar até 120 dias no país e estender esse vínculo por mais dois meses.

Além da duração do intercâmbio, também é importante ficar atento aos serviços inclusos e ao conteúdo trabalhado nos programas.

Em razão da parceria firmada com as instituições de ensino estrangeiras, você pode obter hospedagem em alojamentos dentro da própria escola.

As atividades propostas tendem a ser o grande fator de desequilíbrio na hora de escolher qual é a melhor opção.

Aulas de imersão, nas quais é proibido se comunicar de outra forma que não seja por meio do inglês, além de muita conversação, envolvendo assuntos do cotidiano e vivência da rotina local, são alguns atrativos que podem fazer a diferença.

6 destinos para um intercâmbio em inglês

O inglês é uma língua universal, o que amplia o leque de oportunidades de destinos para você aprender o idioma. 

Separamos uma lista com seis países, alguns mais tradicionais, outros nem tanto, para você realizar um intercâmbio de estudos.

1. Estados Unidos

Mesmo com a alta do dólar e restrições um pouco mais severas quanto ao acesso de estudantes, os Estados Unidos ainda são uma ótima opção para se aprender inglês e desfrutar um pouco do american way of life.

2. Canadá

País vizinho aos EUA, o Canadá também é um local interessante para quem busca aprender inglês. 

Ele está no topo de quase todas as listas de “melhores destinos para intercâmbio”, como, por exemplo, no ranking da World Study.

3. Reino Unido

Se você quer dar um toque britânico ao seu sotaque, o Reino Unido se mostra uma opção atrativa. 

Além disso, Inglaterra e Irlanda são países que contam com uma legião de brasileiros vivendo por lá, o que pode facilitar a sua ambientação.

4. Austrália

A Austrália é mais um país que tem no inglês o seu idioma principal e, por contar com um clima mais parecido com o do Brasil, acaba sendo uma alternativa interessante. 

Dentre todas as opções, também é o país que tem legislações mais flexíveis quanto ao ingresso de estudantes estrangeiros.

5. África do Sul

Por conta da valorização de moedas mais tradicionais, a África do Sul surge como um destino alternativo e muito bacana para treinar seu inglês. 

O local possui diversas parcerias com escolas brasileiras, aumentando o seu leque de possibilidades.

6. Malta

Por fim, temos Malta, um arquipélago com menos de 500 mil habitantes, mas que recebe mais de 1,5 milhão de turistas por ano.

Ainda que não seja o idioma oficial, o inglês é muito falado no ilha, que possui algumas das melhores escolas de idiomas do mundo.

Qualifique seu intercâmbio com um curso de inglês

Estudar inglês em outro país, sem dúvidas, é uma experiência incrível! 

Mas para você aproveitar ainda mais o seu intercâmbio, que tal chegar ao destino com domínio do idioma?

Na EnglishBay, você tem aulas com professores estrangeiros, liberdade para montar a sua própria rotina de estudos e acesso a uma metodologia de fácil compreensão.

Tudo isso do seu jeito, sem contrato e sem multa.

Deixe para trás o velho the books is on the table e venha aprender inglês falando e sem sair de casa.

Garanta agora mesmo a sua aula grátis para experimentar!

Aula Grátis Milla

No votes yet.
Please wait...

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *