Dicas

| 15/05/2019

Manual inglês para viagem: o guia definitivo (2019)

Afinal, saber inglês para viagem faz mesmo muita diferença?

Acertou em cheio quem pensa que sim!

Na hora de se jogar pelo mundo, esse idioma vai fazer TODA a diferença na sua experiência.

Quando o assunto é a língua estrangeira mais falada no mundo, o inglês ainda se mantém no pódio e ali deve permanecer por um bom tempo.

No Brasil, muitos têm procurado se especializar cada vez mais no idioma, embora ainda haja um longo caminho pela frente.

Uma pesquisa da empresa de intercâmbio Education First mostra que, de 88 países, nós ocupamos o 53º lugar em proficiência na língua inglesa.

Essa é a má notícia.

A boa é que não é preciso ser nenhum expert em inglês para fazer uma viagem proveitosa fora do país.

E já que nem sempre o processo de aprender uma nova língua é rápido e a vontade de viajar é grande, nós criamos um manual de inglês para viagem que vai ajudar a melhorar – e muito – a sua experiência.

Então, nada de pagar mico por aí, ok?

Confira todas as dicas ao longo da leitura!

Inglês para viagem: construa seu planejamento

Quer aprender inglês para viagem? Então, aí vai a primeira dica: planejar para não se frustrar.

O Guia Básico de Inglês para Viagens, da Editora EdiCase Digital, recomenda como ideal planejar a viagem com seis meses de antecedência.

Esse é o tempo considerado como mínimo necessário para poder estudar melhor as opções no destino, comparar preços, encontrar ofertas e treinar o seu inglês, é claro.

Isso vai fazer com que você economize tempo e dinheiro no futuro, além de evitar as clássicas ciladas.

Para ajudar você a construir esse planejamento, siga as três etapas que indicamos abaixo.

1. Estude o país de destino

Leia tudo o que puder sobre o lugar.

Entenda sobre a cultura, os costumes, a política, a culinária, a religião.

Saiba o que é e o que não é permitido fazer no país.

Não é incomum observar estrangeiros ofendendo nativos – ainda que sem querer – simplesmente por ignorância.

E, cá entre nós, com tanta informação disponível na internet, não faltam fontes para você encontrar tudo o que precisa sobre o destino que vai visitar.

Em 2018, por exemplo, o governo federal lançou uma cartilha para os brasileiros que pretendem assistir à Copa do Mundo 2022 na Rússia. São dados sobre moeda, clima e, principalmente, orientações sobre o que evitar durante a viagem.

A grande sacada é entender que alguns comportamentos permitidos no seu país não podem ser reproduzidos mundo afora.

2. Tenha um roteiro pronto

Nada vai trazer mais praticidade à sua jornada do que um roteiro pronto.

Hoje, com tanto acervo sobre viagem disponível online, não há desculpa para não organizar um roteiro completo que tenha tudo a ver com você.

É por meio desse planejamento que você vai definir pontos como:

  • Hospedagem
  • Alimentação
  • Locomoção
  • Tempo de viagem
  • Gastos
  • Principais atrações e pontos de visitação.

E segue a lista de acordo com as preferências e possibilidades de cada um.

3. Leve uma cola

A gente sabe muito bem que nem sempre a nossa tão estimada internet está à disposição do viajante quando ele mais precisa, e acredite: isso acontece mais vezes do que você imagina.

E pode até ser que as páginas daquele guia velho encostado lá na estante da sua casa ajudem com alguns conceitos básicos, mas vai te deixar na mão com a primeira pergunta que todos querem fazer quando chegam ao hotel: “qual a senha do Wi-Fi” ?

Um viajante preparado está sempre com a boa e velha “colinha” a tiracolo.

Nela, é bom reunir informações como endereço do hotel, telefones úteis e algumas frases importantes para facilitar a comunicação com os estrangeiros.

E que frases seriam essas?

Continue a leitura para descobrir e… tchau, perrengue!

Frases em inglês para viagem internacional

Uma vez fora do seu país, nada de tentar fazer com que os estrangeiros entendam a sua língua materna.

Você é que é o turista, não se esqueça disso.

Aprender um “bom dia” ou “obrigado(a)” na língua oficial do país em que você está é sinal de educação e cortesia, mas, aqui ou na China, seu foco é o inglês: a língua universal.

Só não deixe de fazer as malas por medo ou vergonha de falar inglês.

Afinal, já dizia o saudoso Mario Quintana: “viajar é trocar a roupa da alma” – e nós não queremos que você fique de fora dessa experiência.

Pode apostar: em locais voltados ao turismo, como hotéis, restaurantes e demais atrações, você dificilmente encontrará alguma dificuldade se aprender a comunicar o básico na língua do Tio Sam.

Então, mãos à obra!

No aeroporto

Mal deu tempo de passar o frio na barriga depois que o avião pousou e voltam as preocupações: como se comunicar no aeroporto?

Não há motivo para desespero!

Treine com a gente:

 

  • Onde posso pegar um carrinho? Where can I get a trolley?
  • Onde fica o banheiro? Where is the restroom?
  • Onde fica o portão 5? Where is the gate five?
  • Onde posso pegar minha bagagem? Where can I get my luggage?

 

Na dúvida, preste bastante atenção aos sinais.

Às vezes, eles são mais eficientes para nos orientar do que a comunicação falada.

No transporte

Essa é a parte em que muita gente se enrola.

Isso porque, dependendo do país onde estiver, nem todo motorista de transporte, como táxi ou Uber, por exemplo, fala ou entende o inglês.

Agora é hora de pegar aquela colinha onde você anotou o nome do hotel e o endereço, lembra?

Outra dica é fazer com certa antecedência o download do mapa no seu celular com o trajeto do aeroporto até o hotel (Google Maps, para que te quero)!

Dessa forma, é só mostrar para o motorista e… voilà!

Frases úteis para outras situações:

 

  • Como chegar / à estação de trem / à estação de ônibus / ao aeroporto? How do I get / to the train station / to the bus stop / to the airport?
  • Quanto custa a passagem para Londres? How much is a ticket to London?
  • Uma passagem de ida, por favor. One way ticket, please.
  • Eu gostaria de ir ao centro da cidade, por favor. I would like to go downtown, please.

 

No hotel

Chegando ao hotel, nada de branco ao fazer o check-in.

Veja as principais frases que vão lhe ajudar neste momento;

 

  • Olá! Eu tenho uma reserva. Hello! I have a reservation.
  • Qual é a senha do WiFi? What is the WiFi password?
  • A que hora o café da manhã é servido? What time is breakfast served?
  • Onde fica o restaurante mais próximo? Where is the nearest restaurant?
  • Por favor, limpe meu quarto. Please, clean my room.

 

Emergências

É claro que nós esperamos que nunca seja preciso usar essas frases, mas… imprevistos acontecem!

E quanto mais conhecemos palavras como estas a seguir, mais rápido conseguimos nos livrar de situações desagradáveis.

 

  • Socorro! Help!
  • Fogo / Incêndio! Fire!
  • Ligue para uma ambulância! Call an ambulance!
  • Ligue para a polícia! Call the police!
  • Estou perdido. I’m lost.
  • Tenha cuidado! Be careful!
  • Eu fui assaltado. I was mugged.
  • Eu preciso de um médico. I need a doctor.
  • Eu perdi meu passaporte. I lost my passport.

 

Compras

Ufa! Agora que passamos da parte tensa, podemos falar de algo mais divertido, sim?

Fazer compras definitivamente está entre os momentos mais esperados da viagem.

Então, let’s go shopping!

 

  • Quanto custa? How much is it?
  • Posso provar? Can I try?
  • Estou apenas olhando, obrigado(a). I’m just browsing, thanks.
  • Você tem em tamanho maior / menor? Do you have a larger / smaller size?
  • Você em cores diferentes? Do you have it in different colors?
  • Você aceita cartão de crédito? Do you take credit card?

 

Palavrinhas e expressões básicas

Tão ou mais importante quanto tudo o que aprendemos até agora, são essas palavrinhas mágicas que vamos mostrar a seguir.

Até porque, algumas delas, você vai utilizar todo santo dia durante sua viagem.

Por isso, atenção!

 

  • Oi / Olá! Hi / Hello!
  • Bom dia! Good morning!
  • Boa tarde! Good afternoon!
  • Boa noite! Good evening! (fim de tarde)
  • Boa noite! Good night! (após as 18h)
  • Obrigado(a)! Thank you!
  • De nada! You are welcome!
  • Meu nome é… My name is…
  • Eu sou do Brasil. I am from Brazil.
  • Eu tenho 30 anos. I am thirty years old.
  • Eu não entendo. I don’t understand.
  • Com licença. Excuse me.
  • Me desculpe. I’m sorry.
  • Que horas são, por favor? What time is it, please?
  • Eu poderia ver o cardápio, por favor? Could I have the menu, please?
  • Tchau / Adeus! Bye / Goodbye!

 

Inglês para viagem: cuidado com as armadilhas!

Tudo entendido até agora? Ótimo!

Então, chegou a hora de falarmos sobre alguns erros bem comuns quando vamos praticar o inglês.

Isso acontece porque, muitas vezes, pensamos na estrutura das palavras e das frases em português, e assim as reproduzimos.

Mas nem sempre essas construções vão estar corretas.

Além disso, há aquelas palavrinhas perigosas, que muito se parecem com algumas da nossa língua, mas têm sentidos completamente diferentes.

São os chamados falsos cognatos.

Vamos aos exemplos:

1. Idade

Veja a sentença: I have 35 years old.

Ora, se traduzirmos ao pé da letra, teremos a frase: Eu tenho 35 anos.

Mas nem por isso ela está correta!

A forma correta, como já exemplificamos no tópico anterior, é: I am 35 years old.

2. Palavras com grafia e/ou pronúncia parecidas

Não confunda:

 

  • Kitchen (cozinha) com chicken (galinha)
  • Word (palavra) com world (mundo)
  • Sheep (ovelha) com ship (navio)
  • Beach (praia) com bitch (cadela).

 

E dá-lhe saia justa!

3. Palavras parecidas inglês/português

Pretend é uma palavra inglesa que lembra o verbo pretender, da língua portuguesa, mas significa fingir.

Se queremos dizer pretender, o correto é intend.

O mesmo acontece com motel, cuja tradução é hotel de beira de estrada.

Ah! E quando for entrar naquela loja onde estiver escrito PUSH bem grande na porta, nada de sair puxando, combinado?

Push quer dizer “empurre”.

Como treinar a conversação em inglês para viagem

Você chegou até aqui, mas ainda sente aquela insegurança na hora de começar a praticar?

Não desanime!

Você pode treinar a conversação em inglês para a viagem de diferentes maneiras.

Vamos a elas!

Através de vídeos

Hoje em dia, o que não faltam são vídeos e aplicativos que podem te ajudar a treinar o seu inglês para viagem.

Nós separamos alguns exemplos bem legais!

Inglês no aeroporto, avião e imigração

Frases para fazer compras

Inglês no restaurante

Dicas gerais de inglês para viagem

O que não pode faltar na mala

Com podcasts

Nem todo mundo é familiarizado com os podcasts, arquivos de áudio que podem ser baixados e ouvidos a qualquer momento.

Mas para quem está aprendendo uma língua nova, esses áudios são uma verdadeira maravilha.

Já pensou praticar seu inglês para viagem enquanto está na academia, dirigindo, cozinhando, deitado na cama ou até mesmo durante o banho?

Experimente ouvir o EnglishClass101.

No Google Tradutor

Este aplicativo está entre aqueles que podem se tornar o seu melhor amigo durante a sua viagem.

Isso porque:

  • É fácil de usar
  • Pode ser utilizado offline
  • Reconhece palavras por meio de fotos tiradas pelo seu celular
  • Consegue traduzir e reproduzir uma conversa entre você e um estrangeiro em tempo real
  • Permite que você desenhe caso o teclado não possua os caracteres do país.

E viva a tecnologia!

Converse com estrangeiros

Falando em tecnologia, um das melhores contribuições da internet é a possibilidade de aproximar gente dos quatro cantos do mundo em apenas poucos cliques.

Que tal aproveitar essa oportunidade para praticar o seu inglês?

Aplicativos como o HiNative permitem que você converse com nativos não apenas da língua inglesa, como de diversos outros idiomas.

Mas se você é da turma oldschool e prefere algo mais olho no olho, aproveite para fazer seu cadastro em páginas como o Couchsurfing.

Ao fazer parte dessa comunidade, que tem milhões de participantes no mundo inteiro, você pode oferecer sua casa para hospedar viajantes ou apenas se colocar à disposição para uma cervejinha ou um café.

Ou seja, você pratica um idioma diferente, ganha novos amigos e já tem sofá garantido quando quiser viajar para fora.

Curso intensivo de inglês para viagem vale a pena?

Você planejou sua viagem com antecedência, estudou as palavras e as frases, mas, mesmo assim, sente que está faltando confiança.

Nesses casos, algumas pessoas buscam cursos intensivos, que podem dar uma mãozinha no aprendizado do inglês para viagem de maneira mais rápida.

Esses métodos podem até ajudar a trazer um pouco mais de tranquilidade à sua aventura no exterior, mas o ideal é que o estudo do idioma seja algo contínuo.

Além de nunca sabermos com que tipo de imprevistos vamos ter de lidar durante as viagens internacionais, o conhecimento do inglês abre muitas portas.

O inglês está em tudo, e quem domina a língua estará sempre um passo à frente, seja no lado pessoal ou profissional.

A importância desse idioma é tanta, que, segundo revelou uma pesquisa de 2018 realizada pela Catho, quem é fluente no inglês tem salários até 70% maior em relação a outros funcionários no mesmo nível hierárquico.

Portanto, que tal investir no idioma que pode ser um diferencial na sua vida?

Faça da viagem para outro país o ponto de partida para falar inglês.

Conclusão

Este artigo trouxe o guia de inglês para viagem, um material completo com as principais dicas para você não passar aperto em uma experiência internacional.

Aproveite as informações que conferiu para se preparar melhor e aproveitar ao máximo essa prazerosa aventura longe do Brasil.

E se quiser aprender inglês de verdade, vale apostar em um curso online.

Essa é uma excelente forma de estudar no seu tempo e se qualificar para a vida.

Aprenda inglês para viagem – e para todos os seus objetivos – com a EnglishBay.

Se você também tem uma dica, deixe seu comentário abaixo. E não esqueça de compartilhar o artigo em suas redes sociais.