Como calcular gastos de viagem internacional + principais despesas

Calcular gastos de viagem não é apenas um cuidado com o orçamento, mas algo tão importante quanto tirar o passaporte.

Afinal, ao viajar, estamos fora da nossa zona de conforto e, nessa situação, todo imprevisto, por menor que seja, deve ser evitado.

Para tanto, o planejamento dos gastos é a sua melhor garantia para que a viagem seja motivo apenas para alegrias e momentos inesquecíveis.

Quer saber como fazer isso sem complicação e com ferramentas disponíveis gratuitamente na web? Continue lendo!

Calcular gastos de viagem

Por que calcular gastos de viagem?

Sair do Brasil, seja para lazer, seja a negócios, é um passo daqueles que mudam nossa vida para sempre.

Em outras palavras, seus efeitos geram desdobramentos que se estendem por muito tempo, podendo até influenciar na conquista de um emprego ou de um trabalho.

Por isso, não dá para deixar uma decisão tão importante ao acaso, certo?

Além disso, é preciso considerar as oscilações do câmbio, que podem ou não favorecer quem ganha em reais.

Nesse aspecto, moedas fortes como o euro e o dólar geralmente valem mais que a nossa.

Sendo assim, antecipar as despesas garante não apenas uma ótima experiência, mas também economia e a possibilidade de aproveitar melhor os recursos disponíveis.

Quais são os principais gastos em viagem internacional?

Em viagens para o exterior, há despesas obrigatórias e que, por isso, devem fazer parte do orçamento.

Afinal, não há como sair do Brasil sem pagar por passagens aéreas, hospedagem, alimentação e transporte local.

Além disso, como destacamos, a conversão de dinheiro sempre gera um custo extra, caso a viagem seja para países com moedas mais fortes.

Como fazer, então, para dar conta de tudo sem ter que se preocupar com o orçamento e ficar livre para curtir o passeio?

É o que vamos mostrar nos próximos tópicos!

Calcular gastos de viagem: passo a passo

No fim das contas, o objetivo do cálculo dos gastos é exatamente este: afastar as preocupações.

Com um orçamento feito sob medida, você fica à vontade para aproveitar o melhor da sua viagem sem ter que parar o tempo todo para realizar contas.

Veja, a seguir, como é fácil fazer isso.

Antecipe suas despesas

Passagens aéreas, hospedagem, alimentação e transporte são os gastos inevitáveis em uma viagem internacional.

No entanto, é bem possível que outros tipos de despesas venham a surgir, como a compra de presentes e souvenirs para familiares e amigos.

Por isso, procure antecipar todos os seus gastos antes de viajar, considerando sua expectativa diária, como no exemplo abaixo:

  • Almoço: US$ 15,00
  • Entradas para o parque: US$ 50,00
  • Táxi (ida e volta): US$ 20,00
  • Souvenirs: US$ 30,00
  • Total: US$ 115,00.

Estime o câmbio

O câmbio muda diariamente.

Dessa forma, você deve fazer uma estimativa de quanto estará valendo o real em relação à moeda do país visitado no período em que estiver fora.

Nesse caso, quanto mais distante a viagem estiver, mais difícil será essa estimativa.

Por isso, vale prestar atenção ao noticiário de economia ou se inscrever em um serviço de alerta de câmbio.

Reserve a soma necessária

Depois de saber quais serão os gastos, é hora de finalmente reservar os recursos necessários para custear a viagem.

Por se tratar de uma despesa não ordinária, ou seja, que não faz parte do dia a dia, é sempre recomendável poupar para viajar.

Você pode abrir uma poupança ou destinar uma soma mensal para aplicações que permitam resgate imediato, como o CDB, só para esse objetivo.

Tenha um extra para imprevistos

Se, em nossa rotina, já estamos sujeitos a imprevistos, em uma viagem, é praticamente certo que algo não sairá conforme o planejado.

Portanto, uma boa prática a ser adotada é reservar uma quantia extra só para cobrir gastos inesperados, como a perda de um voo ou uma diária extra no hotel.

Afinal, como já dizia o ditado, “o seguro morreu de velho”.

Apps que ajudam no cálculo de gastos para viajar

Para quem não tem o hábito de controlar gastos diariamente, o planejamento de uma viagem pode não ser algo assim tão simples.

Uma boa maneira de facilitar a gestão das despesas é contar com aplicativos desenvolvidos com essa finalidade.

Conheça alguns deles agora mesmo.

Trabee Pocket

Imagine chegar ao Brasil e ter que mexer em recibos estrangeiros, sacolas de souvenirs, presentes e notas em sua cama para relembrar o que você gastou.

Pois o Trabee Pocket é um app de interface simples que ajuda a organizar as despesas da viagem.

Com ele, você adiciona os gastos rapidamente em qualquer lugar e, de quebra, acompanha estatísticas do seu passeio.

E, para controle máximo, ele permite conferir rapidamente quanto já foi desembolsado e o saldo disponível.

O app está disponível para Android e iOS.

Trip Expense Manager

Para os que viajam em família ou com amigos, o Trip Expense Manager tem o recurso de compartilhamento de despesas, que podem ser convertidas em formato de planilha do Excel.

Outra função bastante interessante é separar os gastos por pessoa para controlar ainda mais o orçamento.

Há também a opção de criar listas de visitas, relacionando os lugares que você ou seus familiares e amigos desejarem conhecer.

Por fim, no campo notas, é possível criar descrições para cada tipo de gasto.

O app está disponível para Android.

Travel Money

O Travel Money, tal como a maioria dos aplicativos para controle de gastos de viagem, conta com a função de converter moedas, bastante útil em momentos de instabilidade na economia.

Outra função fundamental é o conversor em tempo real que permite compartilhamento online, além de dados estatísticos.

A versão gratuita permite cadastrar até 50 tipos de despesas.

Logo, para períodos mais longos fora do Brasil, é recomendável a versão paga.

O app está disponível para Android.

Dica extra: encontre Wi-Fi grátis em qualquer lugar

No exterior, é bastante provável que você fique sem sinal de celular.

Como fazer então para se comunicar com pessoas no Brasil ou mesmo com os companheiros de viagem?

Para isso, uma boa alternativa é baixar um dos apps gratuitos para detectar redes Wi-Fi abertas gratuitas. Confira:

  • Wi-Fi Finder
  • WiFi Map
  • WeFi 
  • NetSpot
  • Avast Wi-Fi Finder
  • Wiffinity.

E o seu inglês para viagem, como está?

Calcular gastos de viagem é uma prioridade, mas não é o único cuidado necessário quando se viaja para fora do Brasil.

Depois de definir o orçamento, falar inglês é, sem dúvida, o próximo passo indispensável – só assim para garantir que você entenda e se faça entender pelas pessoas.

Nessa parte, a EnglishBay é a sua melhor escolha de curso de inglês online para desenvolver a conversação, leitura e escrita nesse idioma que é considerado universal.

Faça sua aula grátis e comprove a eficácia do nosso método de ensino!

Aula Grátis Milla

No votes yet.
Please wait...

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *