Como organizar uma viagem internacional: dicas, documentos e seguro

Tem na viagem internacional um sonho, mas não sabe por onde começar a organizar?

Então, este texto pode ajudar.

A gente preparou um guia com tudo o que não pode faltar no seu planejamento.

Dos documentos para viajar ao domínio do inglês, confira todos os detalhes para que a sua ida ao exterior seja um sucesso!

Viagem internacional

Por que fazer uma viagem internacional?

Não faltam boas razões para você viver a experiência de uma viagem internacional.

Ela pode acontecer por lazer, negócios ou intercâmbio, por exemplo.

Seja qual for a motivação, a verdade é que cruzar oceanos é sempre uma experiência única e enriquecedora.

Afinal, o mundo é um lugar gigantesco e, embora a globalização e a tecnologia tenham nos aproximado cada vez mais de outros países, nada substitui a boa e velha conferida com os próprios olhos.

Só assim você consegue sentir a verdadeira atmosfera do país, participar ativamente de sua cultura, praticar uma língua diferente com locais, provar o sabor único de sua culinária, entre tantas outras experiências inesquecíveis e transformadoras.

Como organizar uma viagem internacional

Uma viagem internacional está na lista de desejos de muitos brasileiros – e quem se prepara com antecedência tem muito mais chances de conseguir se dar bem.

Veja como organizar a sua, dando atenção aos pontos mais importantes do seu planejamento.

Documentos para viagem internacional 

Pensou em viagem internacional, pensou em passaporte, correto? 

Vários países têm regras diferentes em relação ao documento, mas, para evitar surpresas, só viaje se faltar mais de 6 meses para o seu vencimento.

Também não deixe de pesquisar sobre a questão do visto de entrada para o país desejado – cada nação tem sua lista de documentos exigidos. 

Às vezes, o processo pode ser um pouco burocrático, então, não deixe para a última hora. 

Agora, uma curiosidade: você sabia que, com o passaporte brasileiro, o viajante está isento de visto de turismo em mais de 150 países ao redor do globo? 

É o caso do México, na América do Norte, da maioria dos países da Europa, além da Rússia, Tailândia, Malásia, Filipinas e Nova Zelândia.

Por último, não esqueça do seu certificado internacional da vacina contra febre amarela, que pode até ser emitido online pelo site da Anvisa e que tem validade vitalícia.

Não são todos os países que exigem, mas, para evitar dor de cabeça, não custa levá-lo junto ao seu passaporte.

Chip para viagem internacional

Comprar ou não comprar um chip internacional? Eis a questão.

Mesmo que você não seja muito fã das redes sociais, garantir internet no seu celular é essencial quando estamos fora do nosso país.

Os chips internacionais ajudam você a se localizar com o uso do Google Maps e GPS, mantêm você disponível para dar notícias para amigos e família e sempre salvam na hora de alguma emergência.

Você pode, então, aderir a um pacote de dados específico para viagens internacionais – a maioria das operadoras oferecem – ou adquirir um chip (SIM card) quando chegar ao seu destino.

Também é possível escolher seu chip internacional online, uma opção mais prática e garantida de escolher o plano ideal para suas necessidades. 

Seguro para viagem internacional

Para muitos viajantes, o seguro viagem internacional não é uma opção, mas uma exigência: 29 países ao redor do globo solicitam o documento do visitante.

Mesmo assim, ninguém está livre de imprevistos, concorda?

Os seguros normalmente cobrem uma série de incidentes, desde extravio de bagagem até cirurgias e internação em caso de emergência.

Os valores vão depender da duração da sua viagem e do que é coberto pelo plano.

Caso você planeje uma viagem em que vai praticar atividades como mergulho, escalada ou esqui, é importante encontrar um seguro que cubra esses esportes.

Você pode comparar as diferentes operadoras de seguro pela internet.

Cartão para viagem internacional

Já se foi a época em que viajávamos com uma montanha de dinheiro vivo ou com os famosos traveller checks

Hoje em dia, a forma mais prática de levar “dinheiro” em uma viagem internacional é ter um cartão de viagem.

Diferentemente de um cartão de crédito, funciona apenas para saques em caixas eletrônicos (ATM) ou compras à vista. 

Um exemplo é o Visa Travel Money, um cartão pré-pago que pode ser abastecido online durante a sua viagem.

A vantagem desses cartões é que, normalmente, as taxas cobradas são mais baixas do que as dos bancos – além de serem uma excelente alternativa para evitar gastos surpresas.

Além disso, em caso de perda, o cancelamento se torna bem mais fácil, sem todas aquelas preocupações que teria se fosse seu cartão do banco.

Quanto tempo antes no aeroporto?

Para voos internacionais, o ideal é chegar no aeroporto com 2 a 3 horas de antecedência.

Isso porque, normalmente, o check-in é encerrado uma hora antes do voo – e você vai ter que percorrer longos corredores, filas e passar por uma série de procedimentos antes disso. 

Leve em consideração o trânsito da sua cidade para chegar com folga.

Sair de casa com antecedência garantirá um experiência mais tranquila e agradável logo de cara.

O que levar para viagem internacional?

Resolvidas as burocracias, é hora de começar a parte divertida: arrumar as malas!

Embora essa etapa seja mais gostosa de cumprir, é preciso prestar muita atenção para não esquecer nenhum item essencial.

Dê só uma olhada.

Roupa para viagem internacional

Antes de começar a separar as roupas, lembre-se que menos é mais.

Afinal, você não quer carregar peso desnecessário e nem pagar excesso de bagagem, certo?

O primeiro passo é se informar bastante a respeito do clima do país para onde você vai – é um destino de verão ou de inverno?

De qualquer forma, alguns itens são essenciais para qualquer viagem. 

Vamos a um check list:

  • Malas de rodinhas são as mais práticas
  • Opte por roupas confortáveis e de cores neutras, para poder fazer combinações diferentes
  • Jeans, leggins, moletons, camisetas e vestidos são peças universais
  • Arrume a mala em camadas, das mais pesadas às mais leves 
  • Aposte em kits de organização, separando tudo com necessaire, saquinhos para sapatos, roupas íntimas, etc.
  • Não se esqueça das calcinhas, cuecas, sutiã, meias, pijama e roupas de banho
  • Itens de higiene pessoal também não pode faltar: escova de dentes, desodorante, toalha, protetor solar, shampoo, papel higiênico, etc.
  • Calçados: tênis, chinelo e uma bota, caso vá para um lugar frio
  • Acessórios: óculos escuros, chapéu, cinto, canga e cadeado para a mala.

Já na hora de se arrumar para pegar o avião, escolha peças confortáveis, como as com tecido de algodão, e um tênis macio.

Não se esqueça de levar um casaco quentinho sempre a tiracolo.

Viagem internacional

Onde levar remédios em viagem internacional

Já pensou ter um leve mal estar sem saber como se virar na farmácia de um lugar estranho?

Por isso, não se esqueça de separar:

  • Analgésicos
  • Relaxante muscular
  • Curativo adesivo (do tipo band-aid)
  • Repelentes 
  • Remédios para azia e gripe
  • Medicação de uso contínuo.

Sua farmacinha só precisa estar acompanhada de receitas médicas se houver medicamentos de uso controlado.

Neste caso, a recomendação é que eles viajem fechados em suas embalagens originais durante o voo.

Já medicamentos injetáveis – como insulinas para diabéticos, por exemplo – caso precisem ir na bagagem de mão, devem viajar em embalagens lacradas, como ziplocks, e serem apresentados aos fiscais de segurança acompanhados de receita médica.

Dicas para uma viagem internacional mais barata

Não tem jeito: viagens internacionais custam um bom dinheiro, principalmente com o nosso real tão desvalorizado nos últimos tempos.

Mas, acredite: é sempre possível fazer uma viagem mais econômica.

Veja como:

  • Planeje sua viagem com antecedência para garantir preços mais acessíveis
  • Faça um roteiro detalhado com atrações que quer visitar, compras, meios de transporte mais em conta, restaurantes, etc. Refaça a lista somente com aquilo que é indispensável para sua viagem 
  • Pesquise e compare preços o tempo todo. Diminuir a categoria do hotel, por exemplo, pode ajudar a economizar sem perder o padrão da viagem
  • Evite viajar em alta temporada
  • Use e abuse de cupons de desconto
  • Leve dinheiro em espécie ou cartão viagem para pagar menos taxas e impostos.

Não esqueça do inglês para viagem internacional

Agora, a pergunta que não quer calar: e o seu inglês para viagem, como anda?

É claro que você não precisa ser nenhum expert na língua para fazer uma viagem internacional.

Mas saber comunicar o básico, certamente, vai evitar uma série de perrengues e saias justas na sua passagem pelo exterior.

Se a ideia é aprender inglês de verdade, que tal começar agora mesmo um curso online com a English Bay?

Assim, você garante mais segurança no idioma de forma divertida, prática e com os melhores professores.

Faça agora mesmo uma aula grátis para conhecer nosso método.

Have a nice trip!

Aula Grátis Milla

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *