Open English: curso de inglês online, preço e avaliação

O curso de inglês online da Open English é bom? Vale a pena?

Todos os dias, muita gente vai ao Google em busca dessas e outras respostas sobre o mais famoso curso de inglês online do Brasil.

Segundo a própria empresa, fundada na Venezuela e com sede nos Estados Unidos, são mais de meio milhão de alunos em 40 diferentes países.

Com tais números, ela se autodenomina líder no ensino de inglês na América Latina.

De fato, suas estatísticas e prêmios recebidos levam a crer que se trata não apenas de uma instituição sólida, mas eficaz naquilo que se propõe.

Será que a Open English também oferece o melhor curso de inglês online do país?

Fomos checar e, agora, você terá as respostas que tanto procura.

Boa leitura!

Open English

Open English: o que é?

A Open English é uma escola de idiomas online, uma das pioneiras no que diz respeito ao ensino da língua inglesa à distância.

Nascida em 2007, a empresa apostou em um modelo de negócio até então inovador.

Para assistir ao curso de inglês online, basta estar conectado à internet.

Com a ajuda da tecnologia, então, o mercado do ensino de idiomas passou por uma disrupção, mudando totalmente a forma de aprendizado.

As escolas tradicionais permaneceram, com seus livros, apostilas e aulas presenciais.

Contudo, a partir de plataformas na web, o aluno encontrou uma flexibilidade até então nunca experimentada.

E a Open English foi uma das primeiras a apresentar essa oferta.

Enquanto curso online, sua promessa é de aulas personalizadas e divertidas.

É uma expectativa que combina com seus próprios comerciais na televisão, nos quais o fundador, Andrés Moreno, aparece em destaque em esquetes bem-humoradas.

O aluno pode estudar 24 horas por dia, sempre com professores americanos. Ou seja, com nativos na língua inglesa, o que contribui conhecer a pronúncia correta das palavras.

E como é online, o estudante também tem autonomia para ajustar os estudos ao seu ritmo.

Como a Open English funciona

Apesar de anunciar “um jeito diferente de aprender”, o método de ensino da Open English segue aquilo que, hoje, se conhece como padrão em um curso de inglês online.

A partir de login e senha, o aluno acessa os conteúdos de variados dispositivos.

Para tanto, basta estar conectado à internet.

Há aulas particulares ou em grupo, além de exercícios práticos de pronúncia, gramática e compreensão de texto.

Tudo pode ser feito no dia e no horário que o aluno preferir e no ritmo que ele desejar.

A conclusão depende da aprovação em oito diferentes níveis, divididos em básico, intermediário e adiantado.

A proposta da Open English, portanto, é a de uma escola tradicional de inglês, mas usando uma plataforma diferente (a internet) e ajustando as aulas a ela.

Para tanto, define três pilares como fundamentais:

  • Aulas ao vivo: 24 horas por dia e com professores americanos. São encontros em grupo que iniciam a cada 30 minutos
  • Lições: foco voltado à gramática correta e ao aumento do vocabulário do aluno, priorizando temas atuais e modernos
  • Exercícios: com ferramentas de reconhecimento de voz, o aluno é estimulado a praticar e aperfeiçoar a pronúncia.

Interessante observar ainda que a Open English trabalha com aulas em grupo, mas também possibilita que o estudante faça aulas particulares – que devem ser contratadas à parte.

E por falar em custo, esse é outro ponto a avaliar na análise do curso.

Open English: preço e valor

Gostou do que viu até aqui sobre o curso de inglês online da Open English?

Curioso para saber qual o valor?

A resposta mais exata é: depende.

A Open English não revela o preço do seu curso, tampouco permite ao aluno se inscrever e começar a estudar na mesma hora.

Seu site apresenta convites à inscrição em diferentes páginas.

Ao navegar por ele, você verá botões na cor laranja com frases como “inscreva-se”, “comece agora” e “dê o primeiro passo”.

Mas todos os caminhos levam ao mesmo destino: um formulário no qual é preciso solicitar mais informações.

Até no blog da escola, no artigoQuanto custa estudar na Open English?“, ela parece fugir da resposta e se limita a dizer que “está sempre criando oportunidades e oferecendo promoções especiais”.

O mesmo acontece na seção em seu site especialmente destinada a responder “Quanto custa a Open English?“.

Nela, você encontra a recomendação de sempre (solicite mais informações), que leva ao formulário já citado.

Ao menos na teoria, você deixa seus dados ali e aguarda que um dos assessores da escola faça contato para ajudar a escolher um plano de pagamento.

Até isso acontecer, se acontecer, o preço da Open English é um mistério.

Curso da Open English é bom?

Open English

O método mais efetivo da América Latina.

Assim, a Open English se define em seu site.

A fama é inegável, mas e a qualidade?

Para construir essa avaliação, fomos além da consulta às suas páginas na internet.

Buscamos realizar a inscrição no curso de inglês online.

E os resultados você confere agora.

Espera e decepção

Um anúncio no Facebook prometia seis meses de graça para estudar na escola.

Clicamos, fomos direcionados ao seu site e lá deixamos telefone e e-mail.

Após uma semana, nenhum contato foi recebido, o que já causou uma primeira impressão ruim.

Tomamos a iniciativa de ligar para a empresa e foi ao conversar com um atendente que a decepção se tornou completa.

Para se inscrever, era preciso realizar o pagamento à vista de seis meses de contrato.

Na prática, seria preciso desembolsar cerca de R$ 1.400 para começar a assistir às aulas.

Naquele momento, então, descobrimos que o preço da Open English era de R$ 233.

Sem aula teste

Tão surpreendente e decepcionante quanto o atendimento e o preço da Open English foi descobrir que a escola não oferece uma aula teste gratuita.

Ou seja, ela exige do aluno um investimento alto e no escuro.

Para um curso online de inglês tão renomado, fica difícil entender por que ele não pode ser experimentado.

Não se pode ignorar a possibilidade de haver alguma dificuldade com a plataforma oferecida ou mesmo o método de ensino não agradar.

A aula teste serve justamente para garantir alguma segurança ao aluno quanto ao investimento que ele está fazendo.

Mas a Open English não tem.

Aulas curtas

Além de caro e sem a possibilidade de testar, o plano oferecido se mostrava incompleto.

Afinal, dava direito a somente uma aula por semana e com duração de apenas 25 minutos.

Na prática, em um mês como aluno da Open English, você terá menos de duas horas de estudo com os tais professores americanos.

Insuficiente, é claro.

A própria empresa se contradiz em seu site quando afirma que oferece “aulas ao vivo de forma ilimitada. Elas começam a cada meia hora, 24 horas por dia.”

Ou seja, ao contrário do que destaca, há uma limitação clara, já que o aluno deve obedecer aos horários da plataforma.

Grupos heterogêneos

A dinâmica da aula em grupo pode ser válida para o ensino de inglês, desde que haja certa homogeneidade entre os participantes.

É justamente o contrário do que a Open English oferece.

As turmas são formadas por alunos de diferentes países (com seus sotaques peculiares, por consequência) e em diferentes níveis de ensino, o que é mais grave.

Quem está iniciando corre o sério risco de se sentir intimidado.

Já alunos intermediários pouco conseguem praticar e evoluir com quem não sabe se comunicar minimamente.

Professores alternados

A cada nova aula na Open English, você tem contato com um professor diferente.

Pode soar como algo positivo, mas não se engane.

Aprender inglês não é exatamente fácil, especialmente quando não existe um vínculo entre aluno e professor, que não consegue acompanhar a sua evolução.

Não há como retomar o que vinha sendo praticado na aula anterior, por exemplo.

A falta de continuidade e o caráter genérico da abordagem certamente prejudicam o ritmo do aluno.

Open English no Reclame Aqui

O Reclame Aqui é um portal no qual clientes avaliam empresas, expõem suas queixas e buscam algum tipo de reparação.

Dessa forma, serve como um importante indicativo sobre a reputação dela.

A Open English é tem a classificação “Bom” na plataforma, considerando os retornos recebidos dos usuários.

Sua nota está em 7,1 de um total de 10 pontos.

Apesar de não ser das melhores, houve uma evolução importante. Isso porque, há menos de dois anos, sua reputação era ruim, a nota ficava em apenas 4,03 e a Open English não era uma empresa recomendada pelo Reclame Aqui.

É o que nos mostra o gráfico abaixo:

Open English

Alguns dos seus números na plataforma (dados de fevereiro de 2020):

  • Reclamações respondidas: 99,7%
  • Voltaria a fazer negócio: 42,3%
  • Índice de solução: 83,5%
  • Nota do consumidor 5,99 (para o atendimento no Reclame Aqui).

Dentre todos esses números, chama a atenção negativamente que menos da metade daqueles que se queixaram da Open English no portal voltariam a estudar em seu curso.

E isso acontece mesmo com mais de 80% das reclamações sendo resolvidas.

Por falar nelas, veja quais são as principais ali encontradas:

  • Não consigo cancelar
  • Propaganda enganosa
  • Estorno do valor pago
  • Mau atendimento no SAC
  • Cobrança indevida
  • Valor abusivo.

Para sua decisão: resumo de prós e contras da Open English

Neste artigo, procuramos apresentar a você um panorama geral sobre a Open English, um dos mais  famosos cursos de inglês online do Brasil.

Mas a decisão de escolher essa ou outra escola é sua.

Há pontos positivos e negativos nessa escola. E colocar tudo na balança é a melhor estratégia para decidir certo.

Por isso, veja um resumo dos seus prós e contras.

Vantagens da Open English

  • Flexibilidade para estudar no seu ritmo
  • Professores americanos, nativos no idioma
  • Aulas interativas e ao vivo
  • Exercícios práticos
  • Tecnologia de ponta para a melhor experiência do aluno
  • Conteúdo atual trabalhado com os alunos
  • Possui aplicativo para estudar pelo smartphone.

Dentre todas essas vantagens, o destaque vai para a flexibilidade que a proposta da ensino da Open English oferece.

Ou seja, o aluno não se sente pressionado e tem a liberdade de construir o próprio ritmo, assistindo às aulas quando e onde quiser.

Porém, vale lembrar que essa está longe de ser uma vantagem exclusiva da Open English, já que a flexibilidade no ensino é uma característica básica de todo curso de inglês online.

Desvantagens da Open English

  • Preço não divulgado, mas curso é caro
  • Apenas aulas em grupo (particulares são contratadas à parte)
  • Sem aula experimental grátis
  • Professor não é fixo
  • Há contrato de fidelidade com multa
  • Vínculo mínimo de seis meses
  • Dificuldade de cancelar mesmo pagando a multa.

Entre as desvantagens, aquela que mais pode levar o aluno a desistir da Open English é o foco quase que exclusivo nas aulas em grupo.

O melhor método para aprender inglês é falando. Ou seja, praticando a conversação.

Nesse sentido, as aulas em grupo não favorecem o aprendizado, pois não raro o aluno se sente intimidado a participar.

É muito diferente de quando a aula é particular (o que exige um investimento a mais na Open English) e com o mesmo professor sempre (algo que não existe nesse curso).

Open English é o melhor curso de inglês online?

Open English

Chegando próximo do final do nosso artigo, fica a pergunta: será esse o melhor curso de inglês online?

A Open English tem o mérito de sua proposta inovadora e pioneira, mas, como vimos, há uma série de fatores que pesam contra ela.

Inclusive, um observador atento identifica que a própria escola reconhece suas falhas.

No site, ela afirma possuir 500 mil alunos matriculados e 70 mil alunos ativos.

Isso significa que 86% deles pagam, mas não usam o serviço.

Indício de que não fizeram a escolha certa?

Para você que deseja uma opção melhor, vale pesquisar um pouco mais e ir em busca do seguinte:

  • Planos mensais, sem matrícula e sem contrato
  • Aulas particulares, não em grupo
  • Horário livre
  • Professor fixo
  • Professores brasileiros para quem está começando
  • Aula teste gratuita
  • Material gratuito
  • Baixo custo.

Aqui no blog, a gente tem artigos de avaliação de outros cursos para você conhecer.

Clique nos links e confira:

Quer mais uma dica? Então, vamos concluir com o caminho mais seguro para você aprender inglês.

Conclusão: Quem compara, escolhe a EnglishBay

A gente não tem medo de afirmar que, quem compara, escolhe a EnglishBay como o seu curso de inglês online.

Para começar, diferente da Open English, todos os preços e valores estão expostos no site.

Por apenas R$ 149,99 por mês, você tem acesso às aulas de inglês, com pelo menos uma aula por semana. Além disso, não há contrato de fidelidade.

Todas as aulas têm duração de 50 minutos e, assim, você tem um tempo maior para estudar com o professor.

Dá só uma olhada no vídeo abaixo para conferir.

O maior diferencial é o fato de toda aula de inglês ser particular, ou seja, apenas você e o professor. Nesse sentido, você é o foco da aula.

E não para por aí.

O que acha de fazer seu cadastro no site e receber uma ligação no mesmo dia?

Ou de realizar o primeiro contato mandando uma mensagem pelo WhatsApp?

E se a gente dissesse que, além de toda essa facilidade, você ainda tem direito a uma aula de inglês gratuita para ver como a escola funciona?

Se fosse você, garantia a sua agora mesmo, clicando na imagem abaixo.

Falar inglês não precisa ser tão difícil.

Faça a escolha certa.

Vá de EnglishBay!

Open English

Rating: 4.4/5. From 9 votes.
Please wait...

4 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *